Possibilidade de uso de fitas de uroanálise em análises forenses

Elvis Medeiros de Aquino, Maria Paula Oliveira Valadares, André Vieira Peixoto D'avila, Alexandre A. L. Hamada

Resumo


Fitas de uroanálise têm sido amplamente utilizadas na avaliação de parâmetros físico-químicos da urina devido ao baixo custo, à rapidez, à simplicidade do método e, sobretudo, à sua versatilidade, uma vez que estas possibilitam a análise simultânea de diferentes parâmetros, como o pH, a presença de nitrito e de hemoglobina, em um tempo de análise de cerca de 2 minutos. Com base nessas propriedades, levantou-se a possibilidade de sua utilização em análises forenses, tanto em campo, como em laboratório, com destaque para a pesquisa de substâncias hemáticas comumente presentes em cenas de crime. O trabalho discute ainda, a possibilidade de utilização da fita em pesquisa de nitrito para a determinação de recentidade de disparo de arma de fogo, na detecção de acetona utilizada para o refino de entorpecentes, bem como a determinação de pH de soluções de lavagem de gases, fator importante em perícias de engenharia forense. Além das qualidades anteriormente citadas, as fitas de uroanálise oferecem ainda a possibilidade de um teste de fácil padronização e rastreabilidade de resultados, o que vai de encontro às atuais tendências de normatização do trabalho pericial.


Palavras-chave


Urofitas; Criminalística; Substância Hematóide

Texto completo:

PDF

Referências


PRODIMOL, Bula de instruções de Urofita 10 DL; edição 02/2008 A35490.

STRASINGER, S.K.; DI LORENZO, M.S. Urinalysis and body fluids, 5th ed. F. A. Davis Company, Philadelphia, p. 53-77, 2008.

BEVEL, T.; GARDNER, R.M. Bloodstain pattern analysis with an introduction to crime scene reconstruction; 3rd ed.; CRC Press; Boca Raton; p.275-297, 2008.

STUART, H.J.; KISH, P.E.; SUTTON, P.S. Principles of bloodstain pattern analysis: theory and practice; CRC Press; Boca Raton, p 355-358, 2005.

VERNON, J.G. Practical homicide investigation: tactics, procedures, and forensic techniques, 4th ed., CRC Press, Boca Raton, p. 574-586, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.15260/rbc.v3i1.30

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.